Notícias Diversas — 25 maio 2012

25/05/2012

Contribuições da Polícia Militar do Paraná através do PROERD e da Patrulha Escolar Comunitária.

O coordenador estadual do PROERD, tenente coronel Douglas Dabul, e o coordenador educacional e pedagógico, Capitão Danton Perovano, apresentaram na manhã desta sexta-feira (25), durante o SIBRASEG, um trabalho técnico científico sobre a educação preventiva sobre drogas e segurança escolar.

Explicando as características do educador e o trabalho desenvolvido pelo PROERD – Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência e pela PEC – Patrulha Escolar Comunitária, o capitão Perovano ressaltou a contribuição da Polícia Militar do Paraná junto à educação, através dos educadores sociais, que são policiais militares que atuam dentro das escolas.

O PROERD é desenvolvido com estudantes do 1º. ao 7º. ano do ensino fundamental, com materiais direcionados também aos pais e responsáveis, preparando principalmente os alunos para dizer não às drogas, aprender lições de cidadania e resolver conflitos. Na Patrulha Escolar, trabalhamos a partir de três módulos: segurança na escola, educação preventiva e segurança, e ações suplementares na escola”, disse ele.

Pensando na condição de educador social, ele explicou como é realizada a formação deste educador e alertou sobre a representação das identidades dos policiais militares que precisa de uma atenção especial, pois o policial que trabalha com programas educacionais precisa estar ciente que ele não é professor. É primeiramente um PM e, então, um educador social.

O tenente coronel Douglas Dabul, apresentou as estratégias e percepção de polícia, salientando a necessidade de aproximação com a comunidade, uma busca constante da polícia comunitária que necessita de grupos organizados. Em seguida foi apresentada toda a trajetória de trabalho, as metodologias utilizadas e os temas abordados.

Hoje já são 12 anos de trabalho do PROERD, atuando em 171 municípios. Cada vez mais estamos conquistando grandes avanços, com uma maior aproximação junto às crianças e adolescentes do Paraná. Mas é importante lembrar que este é um trabalho em conjunto, que necessita de conscientização de toda a população, pois a mudança através da educação só acontece com o tempo”, finalizou o coordenador.

Share

About Author

amebrasil

(0) Readers Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *