Notícias Diversas — 24 maio 2012

O presidente da FENEME, coronel Marlon Jorge Teza, ministrou uma palestra sobre “a Polícia Militar, o município e a prevenção”, dando uma conotação à polícia militar atuante como polícia administrativa.

 

“A Polícia Militar deve estar envolvida também na organização e planejamento de empreendimentos e eventos que alteram o ambiente, para promover a atuação preventiva. Polícia repressiva deve ser uma exceção e não uma regra”, afirmou ele.

 

Segundo ele, é preciso haver uma parceria entre a Polícia Militar e o município, uma vez que os policiais militares são os especialistas em ordem pública e precisam estar envolvidos nos processos de elaboração de projetos, como já ocorre com o Corpo de Bombeiros.  Promovendo ações em conjunto, é possível ressaltar a missão preventiva da PM controlando a criminalidade, e chamar a atenção para o policiamento ostensivo na sua plenitude. 

 

“A polícia militar não pode ser lembrada apenas no momento de retomar a ordem pública, para assumir o papel meramente repressor. Precisa haver a preocupação por parte das autoridades municipais de inseri-la como participante ativa nas decisões e projetos, justamente para evitar problemas futuros. E isso deve estar contido na legislação municipal”, finaliza ele.

Share

About Author

amebrasil

(0) Readers Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *